Selecione a fonte desejada
Menu

Racionar e racionalizar: a melhor estratégia em tempos de altos custos com fertilizantes

Ter em mãos informações sobre os índices de fertilidade, recomendações de calagem e nutrição do solo e plantas, se mostram cada vez mais importantes para otimizar os recursos investidos nas culturas
COMPARTILHE ESTE ARTIGO
FacebookTwitterLinkedinWhatsApp

Não é de hoje que a agricultura vem passando por um cenário de transformação em seus processos de produção. As incertezas climáticas, como a estiagem enfrentada na safra de verão e o frio rigoroso, previsto para o inverno deste ano, são fatores que preocupam os agricultores em todo o país. Além disso, a guerra entre Rússia e Ucrânia afeta diretamente o agronegócio brasileiro.


Diante de tudo isso, os produtores passaram a ter uma preocupação ainda maior, uma vez que, segundo dados divulgados em março/2022, como consequência desta guerra, os preços dos fertilizantes tiveram um aumento inimaginável, em comparação ao que era pago nas últimas safras. O Potássio, por exemplo, elemento essencial para a produção agrícola, triplicou de valor em apenas um ano, passando de US$ 300 em fevereiro de 2021, para US$ 1.100 por tonelada em 2022, isso porque a Rússia é a principal origem do insumo utilizado nas lavouras brasileiras.


Como de costume, novamente o agricultor brasileiro precisou buscar novas alternativas para driblar todas as incertezas na lavoura, e com isso, cada vez mais, percebeu-se a necessidade de incrementar a demanda de informações sobre os índices de fertilidade, recomendações de calagem e nutrição do solo e plantas, com o objetivo de otimizar os recursos investidos nas culturas.


A agricultura de precisão, uma velha conhecida dos produtores, mostrou (novamente) a sua importância neste cenário, uma vez que os dados gerados através do solo, que são obtidos com amostras coletadas e critérios de qualidade amostral, revelam informações. A partir destes dados, é possível ter o conhecimento sobre os nutrientes presentes no solo e estimar a sua quantidade e disponibilidade, gerando dados fundamentais para o desenvolvimento de estratégias de manutenção dos níveis destes nutrientes. Dessa forma, garantimos que as fases de crescimento vegetativo e reprodutivo de cada cultura não sejam prejudicadas pela falta ou excesso de fertilizantes.


Através do conhecimento detalhado do solo, além das estratégias de manutenção ou correção dos nutrientes, outro fator ganha destaque no cenário de altos custos de fertilizantes: a segurança nas tomadas de decisões. Com os dados gerados em mãos, o agricultor irá correr menos riscos ao fazer a adubação do solo e calagem, além de ter informações precisas sobre cada talhão da lavoura e as doses a serem aplicadas com precisão. Sendo assim, a compra de fertilizantes é realizada de forma inteligente, racionalizando todo o investimento com estes produtos.


Portanto, para se ter melhores resultados nas próximas safras, além de utilizar as estratégias adequadas, é preciso racionar e racionalizar todos os recursos necessários para o processo de produção, afinal, ainda será possível sentir, por longos anos, os reflexos das ações realizadas do outro lado do continente.

Developed by Agência Jung
X

Inscrição PAP Digital Versão BETA

O PAP é uma ferramenta desenvolvida por consultores 3tentos para produtores rurais
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor

Mande sua mensagem

Selecione um assunto
Comercial Insumos
Comercial Grãos, Óleo e Farelo
Trabalhe Conosco
Indústria de Extração e Biodiesel
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor
Entrar em contato
CotaçõesCotações
Soja
Dólar
Bolsa Chicago
Referência: 14/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento %
[CBOT] Arroz 13,42 13,33 -0.22%
[CBOT] Farelo 431,5 423,5 0.00%
[CME Milk Futures] Leite 18,87 18,99 18,87 18,98 18,88 -0.79%
[CBOT] Milho 692,5 718,75 685 717,25 685 -4.73%
[CBOT] Óleo de Soja 68,59 68,41 +0.54%
[CBOT] Soja 1602,5 1625 1620,75 1625 1603,75 -0.53%
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,15 111,575 111,15 111,45 111,15 -0.29%
[CBOT] Trigo 737 730,25 727,25 730,25 727,25 +0.10%
Referência: 13/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento
[CME Milk Futures] Leite 18,95 19,1 18,94 19,05 19,03
[CBOT] Arroz 13,765 13,36
[CBOT] Farelo 424,7 448 427 448 423,5
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,475 111,925 111,2 111,775 111,475
[CBOT] Soja 1612 1657 1598 1657 1612,25
[CBOT] Milho 729 776,5 709,75 757,5 719
[CBOT] Óleo de Soja 69,05 71,91 70,85 70,85 68,04
[CBOT] Trigo 730 756,5 737 750 726,5
Frequência de atualização: diária