Selecione a fonte desejada
Menu

O jogo está prestes a começar!!

O período de plantio da soja, principal cultura de verão, vai começar.  O momento é do produtor definir as estratégias a serem adotadas neste importante e decisivo processo, colocando em foco alguns pontos importantes para saber aonde quer chegar e quais resultados deseja atingir na colheita. Afinal, com organização e planejamento é possível ter excelentes resultados, aumentando a produtividade, rentabilidade, e sem aumentar os custos. 
COMPARTILHE ESTE ARTIGO
FacebookTwitterLinkedinWhatsApp

Final de setembro e início de outubro, a medida que a temperatura gradativamente sobe e os dias ficam mais longos penso comigo que não há nenhum agricultor que não fique ansioso em iniciar a semeadura e começar aquele ciclo que todos nós somos apaixonados.

Falar da importância do plantio, velocidade de semeadura, semente, tratamento de semente, dessecação antecipada e utilização de pré-emergentes todo ano é repetitivo e muitas vezes maçante para o agricultor, devido a todo ano ele receber uma enxurrada de informações, dados e convites para palestras.

Mas gostaria de convidar vocês a pensarem a semeadura sobre duas novas diretrizes: FINANCEIRA: 60% dos custos são estabelecidos no momento do plantio; TETO PRODUTIVO: o que, quando, onde e como PLANTAR irá determinar até onde a Soja irá chegar!

Qualquer erro nesse momento é determinante para a RENTABILIDADE da atividade, seja o mesmo pela utilização de uma semente ausente de atributos fisiológicos para formar uma matriz produtiva, alocação de uma cultivar inadequada para determinada região, excesso ou falta de plantas seja pela falta de informação ou desconfiança na semente, regulagens de semeadouras, entre inúmeros outros erros que podem ocorrer.

Acredito convictamente que podemos incrementar nossas colheitas sem aumentar custos, principalmente por meio de troca de experiências e conhecimento. Nós agricultores (onde me enquadro também...hehe) temos três maneiras de obter maior rentabilidade:

  1. PRODUZIR MAIS SCS/HA;
  2. DIMINUIR CUSTOS;
  3. VENDER BEM

A última variável não temos como controlar, a primeira temos uma participação imensa, porém dependemos do clima. Mas na segunda mora o PERIGO, muitas vezes não temos claro o que é CUSTO e o que é INVESTIMENTO, podendo nos levar a tomar decisões equivocadas.

Developed by Agência Jung
X

Inscrição PAP Digital Versão BETA

O PAP é uma ferramenta desenvolvida por consultores 3tentos para produtores rurais
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor

Mande sua mensagem

Selecione um assunto
Comercial Insumos
Comercial Grãos, Óleo e Farelo
Trabalhe Conosco
Indústria de Extração e Biodiesel
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor
Entrar em contato
CotaçõesCotações
Soja
Dólar
Bolsa Chicago
Referência: 14/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento %
[CBOT] Arroz 13,42 13,33 -0.22%
[CBOT] Farelo 431,5 423,5 0.00%
[CME Milk Futures] Leite 18,87 18,99 18,87 18,98 18,88 -0.79%
[CBOT] Milho 692,5 718,75 685 717,25 685 -4.73%
[CBOT] Óleo de Soja 68,59 68,41 +0.54%
[CBOT] Soja 1602,5 1625 1620,75 1625 1603,75 -0.53%
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,15 111,575 111,15 111,45 111,15 -0.29%
[CBOT] Trigo 737 730,25 727,25 730,25 727,25 +0.10%
Referência: 13/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento
[CME Milk Futures] Leite 18,95 19,1 18,94 19,05 19,03
[CBOT] Arroz 13,765 13,36
[CBOT] Farelo 424,7 448 427 448 423,5
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,475 111,925 111,2 111,775 111,475
[CBOT] Soja 1612 1657 1598 1657 1612,25
[CBOT] Milho 729 776,5 709,75 757,5 719
[CBOT] Óleo de Soja 69,05 71,91 70,85 70,85 68,04
[CBOT] Trigo 730 756,5 737 750 726,5
Frequência de atualização: diária