Selecione a fonte desejada
Menu

Dólar a 4,15: Guerra comercial China x EUA, Peste Suína na China e como isso impacta o agricultor

Os mercados estão nervosos ultimamente com os intensos embates entre Donald Trump, presidente dos Estados Unidos e Xi Jinping, presidente chinês. O dólar atingiu hoje, 26/08, R$ 4,15 sendo o maior valor no período de um ano. Mas o que realmente isso tem a ver com o agricultor? 
COMPARTILHE ESTE ARTIGO
FacebookTwitterLinkedinWhatsApp

A chamada Guerra Comercial entre China e Estados Unidos (EUA) foi uma iniciativa do governo de Donald Trump de sobretaxar as importações de produtos vindos da China para os EUA, com a intenção de desestimular a compra de produtos Chineses e diminuir o nível de atividade econômica daquele país. O governo chinês revidou na mesma moeda e também sobre taxou a compra de diversos produtos norte-americanos, inclusive anunciando que deixaria de comprar por completo qualquer produto agrícola da principal potência mundial. Os reflexos dessas incertezas fazem com que os dólares presentes nas economias emergentes, o caso do Brasil, sejam drenados e redirecionados aos Estados Unidos, principalmente sendo investidos em metais como ouro e prata, encarecendo a moeda e desvalorizando o Real.


No meio dessa crise, a gigante asiática olhou para o Brasil como alternativa para suprir e compensar o abastecimento de proteína animal e vegetal, principalmente a soja. Desde 2018, quando teve início a Guerra Comercial, o mercado brasileiro entendeu a necessidade dos chineses e vem tirando vantagem dessa forte demanda, mesmo com uma crescente expansão nos focos de Peste Suína Africana no país asiático. A China é a maior importadora mundial de soja com um volume próximo de 85 milhões de toneladas. Praticamente todo este volume, adicionado a produção chinesa da oleaginosa que fica próxima de 15 milhões e toneladas, é utilizado na alimentação de suínos, carne preferida dos chineses. Porém, com a evolução da Peste Suína, os chineses foram obrigados a abater milhões de animais, pesando fortemente no consumo de farelo de soja, uma das principais fontes de proteína para alimentação dos rebanhos chineses que chegou a superar 700 milhões de cabeças.


Nestas últimas semanas, com uma melhora nas margens das indústrias esmagadoras de soja na china, o mercado passou a dar boas oportunidades em termos de preço, já que a exportação segue ativa. Juntamente a isso, a demanda local segue estimulada pelas usinas de biodiesel, já que o óleo de soja é a principal matéria prima na produção do combustível renovável. Somente neste último leilão realizado em agosto, com a mistura de biodiesel no diesel aumentando de 10% para 11%, estima-se que a necessidade de soja para a produção do biocombustível cresceu o equivalente a 500 mil toneladas frente ao leilão anterior. Outro ponto positivo para o complexo de soja é o farelo, que segue com uma demanda firme as fábricas de rações que estão otimistas nas vendas da carne suína e de frango para os chineses.

Developed by Agência Jung
X

Inscrição PAP Digital Versão BETA

O PAP é uma ferramenta desenvolvida por consultores 3tentos para produtores rurais
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor

Mande sua mensagem

Selecione um assunto
Comercial Insumos
Comercial Grãos, Óleo e Farelo
Trabalhe Conosco
Indústria de Extração e Biodiesel
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor
Entrar em contato
CotaçõesCotações
Soja
Dólar
Bolsa Chicago
Referência: 14/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento %
[CBOT] Arroz 13,42 13,33 -0.22%
[CBOT] Farelo 431,5 423,5 0.00%
[CME Milk Futures] Leite 18,87 18,99 18,87 18,98 18,88 -0.79%
[CBOT] Milho 692,5 718,75 685 717,25 685 -4.73%
[CBOT] Óleo de Soja 68,59 68,41 +0.54%
[CBOT] Soja 1602,5 1625 1620,75 1625 1603,75 -0.53%
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,15 111,575 111,15 111,45 111,15 -0.29%
[CBOT] Trigo 737 730,25 727,25 730,25 727,25 +0.10%
Referência: 13/05/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento
[CME Milk Futures] Leite 18,95 19,1 18,94 19,05 19,03
[CBOT] Arroz 13,765 13,36
[CBOT] Farelo 424,7 448 427 448 423,5
[CME Lean Hog Futures] Suínos 111,475 111,925 111,2 111,775 111,475
[CBOT] Soja 1612 1657 1598 1657 1612,25
[CBOT] Milho 729 776,5 709,75 757,5 719
[CBOT] Óleo de Soja 69,05 71,91 70,85 70,85 68,04
[CBOT] Trigo 730 756,5 737 750 726,5
Frequência de atualização: diária