Selecione a fonte desejada
Menu
Semente de soja esverdeada, alerta vermelho para baixa qualidade.
A ocorrência de sementes esverdeadas nesta safra acende o sinal de alerta para qualidade de sementes, devido a perda da qualidade fisiológica. Confira no texto porque isso ocorre e quais são os impactos. 
COMPARTILHE ESTE ARTIGO
FacebookTwitterLinkedinWhatsApp

Diante do cenário atual da cultura da soja no estado, os reflexos do estresse hídrico e de alta temperatura dos últimos meses se mostram mais visíveis a cada carga retirada da lavoura. Consequência da falta de chuva, em grande parte das áreas ocorreu a morte prematura das plantas resultando na maturação forçada das sementes e interferindo diretamente no peso de grãos e na qualidade pela presença de sementes esverdeadas e desuniformes.


As sementes esverdeadas ocorrem porque no processo de maturação forçada a planta interrompe precocemente a degradação da clorofila, pigmento que confere coloração verde as plantas quando algum fator externo de estresse acontece. Estes fatores podem ser: condições climáticas adversas (déficit hídrico e temperaturas elevadas), ataque de pragas tais como percevejo e doenças que incidem de maneira severa, como ferrugem asiática e fungos que provocam podridão no sistema radicular como Fusarium por exemplo (França-Neto et al 2005).


As sementes esverdeadas apresentam baixa germinação e vigor, o que tende a se agravar durante o tempo de armazenagem. O percentual tolerado de sementes esverdeadas em um lote é de no máximo 9% (França-Neto et al 2012). Considerando estas informações, deve-se evitar o uso de sementes que apresentem índice maior que o sugerido, uma vez que isso irá gerar acentuada perda de qualidade fisiológica durante a armazenagem, e por consequência interferindo diretamente no estabelecimento inicial da lavoura. 

Developed by Agência Jung
X

Inscrição PAP Digital Versão BETA

O PAP é uma ferramenta desenvolvida por consultores 3tentos para produtores rurais
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor

Mande sua mensagem

Selecione um assunto
Comercial Insumos
Comercial Grãos, Óleo e Farelo
Trabalhe Conosco
Indústria de Extração e Biodiesel
*Campos obrigatórios
Enviar
Logo 3tentos Original em Vetor
Entrar em contato
CotaçõesCotações
Soja
Dólar
Bolsa Chicago
Referência: 14/01/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento %
[CBOT] Arroz 12,895 12,95 12,89 12,935 12,895 +0.12%
[CBOT] Farelo 469,3 459,2 459,2 459,2 464,9 +0.54%
[CME Milk Futures] Leite 16,29 16,31 16,22 16,26 16,22 -0.55%
[CBOT] Milho 534 536,5 519 523 534,25 +1.86%
[CBOT] Óleo de Soja 41,91 43,27 +1.38%
[CBOT] Soja 1411,75 1413 1413 1413 1436,5 +1.81%
[CME Lean Hog Futures] Suínos 66,425 67,025 66,125 66,5 66,3 -0.82%
[CBOT] Trigo 670,75 673,25 653 660 670 +1.44%
Referência: 13/01/2021
Produto Último Máxima Mínima Abertura Fechamento
[CBOT] Trigo 659,5 680,75 656,25 665 660,5
[CBOT] Milho 522,5 541,5 522,25 524 524,5
[CBOT] Arroz 12,88 12,88
[CME Lean Hog Futures] Suínos 66,75 68 66,7 67,975 66,85
[CBOT] Óleo de Soja 42,76 44,02 42,93 43,62 42,68
[CBOT] Soja 1411,75 1438,25 1410,75 1433,5 1411
[CME Milk Futures] Leite 16,3 16,43 16,27 16,35 16,31
[CBOT] Farelo 462 472,8 463 470,5 462,4
Frequência de atualização: diária